Funções da raças de cavalos estrangeiras

As raças estrangeiras são chamadas exóticas ou importadas, diferentes das rqaças brasileiras, como mangalarga, campolina, crioula, pantaneira, etc. A maioria das raças importadas são destinadas ao esporte. As mais conhecidas são quarto de milha, puro sangue inglês, árabe, andaluz, appaloosa, luzitana e paint horse.

A árabe é a mais antiga e participa da formação de várias outras raças, é um modelo universal de beleza. Sua especialidade são os enduros de velocidade, pois possui resistência incomparável.

A raça puro sangue inglês, também conhecida como PSI, é especialista em corridas de média e longa distância, com obstáculos e saltos. Essa raça marca presença na formação de várias outras raças de cavalos de corrida.

potro quarto de milha

A raça quarto de milha pode ser usada pra corridas rasas de 400 metros (que é um quarto de milha) e também o cow sense, que é na verdade a maior aptão da raça, a de lidar com o gado. Com essa raça é possível realizar várias provas de esportes como poe exemlo, corridas, vaquejadas, prova de baliza, prova de apartação, prova de laço e prova de três tambores.

As raças appaloosa e paint horse, derivam da raça quarto de milha com diferentes pelagens, appaloosa possui pintas escuras e fundo branco e paint é o malhado. Essas pelagens não foram aceitaas pelo serviço genealógico original.

A raça andaluz é ideal para touradas e adestramento clássico. São cavalos fortes, inteligentes e de fácil treino. A raça luzitana vem da raça andaluz, mas foi formada em Portugal.